Agora que faço parte desse mundão vasto do design de interiores (thank God!), comecei a abrir a minha mente para coisas que até então eram desconhecidas por mim ou me causavam certa estranheza. Confesso que o cimento queimado era uma delas. Hoje falo um pouco sobre esse material e o quanto ele é contemporâneo, versátil, neutro e aplicável onde quer que você queira se o seu desejo é dar aquela modernizada no lar ou revestir uma parede ou alvenaria qualquer, por exemplo. Além das paredes e tetos, os pisos de cozinhas, salas, quartos também comportam esse matéria muito beml! A boa notícia? É sustentável, bonito e barato! Estou apaixonada pelo efeito visual que ele causa! Abra sua mente como eu abri a minha e confira dicas e imagens tops que selecionei!  
Os principais produtos industriais utilizados para obter o acabamento em cimento queimado são o cimento polimérico (com um aditivo que garante elasticidade e aderência) e massas pré-fabricadas à base de pó de limestone ou de quartzo. Essas últimas têm boa resistência a trincas, são orçadas conforme o projeto. 
O valor do cimento queimado é bem abaixo se comparado a outros pisos como porcelanato e madeira, por exemplo. Seu custo médio gira em torno de R$ 50,00 reais o m², a metade do valor do porcelanato e madeira. A mão de obra para aplicação também é mais barata, mesmo variando de profissional para profissional, girará em torno de R$ 30,00 a R$ 50,00 reais por m². No porcelanato varia de R$60,00 a R$100,00 o m².
 Além do baixo custo (Adoramos coisas legais e baratas, não?!), a grande sacada do cimento queimado em pisos é que, como não há rejuntes, o seu efeito homogêneo causa sensação de amplitude no ambiente em que colocado. Ainda, segundo a arquiteta (e bff) Carina Massareto, da CM Arquitetura e decoração, outros benefícios do cimento queimado seriam: (i)pode ser feito/moldado em várias tonalidades, (ii) possui aparência rústica mas ao mesmo tempo elegante, (iii) possui enorme facilidade de manutenção, sendo a limpeza realizada apenas com pano úmido e produto neutro. 
Outra vantagem é que o cinza e suas nuances combinam com qualquer cor; amarelo, azul, branco, preto e o que sua imaginação e ousadia permitirem. O cimento harmonizará também com materiais como cerâmica, ladrilho hidráulico e madeira. O cimento queimado pode revestir alvenarias também. Fica super descolado e modernoso. 
Como nem tudo são flores, pequeninas trincas são comuns de aparecerem no cimento queimado, mesmo que tenha sido muito bem feito. Tenha ciência que faz parte do processo artesanal e charme do material. Se você não aprecia isso, evite, pois raramente ele terá um efeito homogêneo. E isso vale para a coloração também. O efeito levemente manchado é outra característica natural. Caso tenha dúvidas, contate um profissional! Agora, inspirem-se nas imagens e apaixonem-se pelo cimento queimado assim como eu. Até semana que vem!!!
 
Cimento queimado revestindo paredes:
Post Parede
 
  
Cimento queimado no teto:
Post Teto
 
 
 
Cimento queimado em pisos:
Post Piso
 
 
 
Cimento queimado revestindo alvenarias:
Post Alvenaria
  Studio PRS Interiores  – prsinteriores@gmail.com